Tecnologia

Publicação do New England Journal of Medicine aborda papel de análises de “Big data”, com destaque para a área radiológica

Neste artigo, os autores discutem potenciais mudanças na prática médica que seriam determinadas pela aplicação de algoritmos de inteligência artificial na prática clínica, sobre a multiplicidade de dados e informações de saúde disponíveis atualmente. Isso pode ter impacto principalmente em especialidades como a radiologia e a anatomia patológica, áreas onde o reconhecimento automatizado de padrões tem perspectivas de melhoria progressiva pelo desenvolvimento de ferramentas de “machine learning”. Apesar do momento ser prematuro para previsões refinadas no assunto, segundo os autores, os principais benefícios envolverão maior precisão prognóstica e aumento da acurácia dos métodos diagnósticos.

Autores: Obermeyer Z; Phil M; Emanuel EJ

Referência bibliográfica: N Engl J Med. 2016 Sep 29;375(13):1216-9. doi: 10.1056/NEJMp1606181.

Link para o PubMed: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27682033

1 comentário em “Publicação do New England Journal of Medicine aborda papel de análises de “Big data”, com destaque para a área radiológica

  1. Seria esse o início do fim da profissão do radiologista?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: