Segurança do paciente

Estudo investiga os motivos de atrasos nas agendas de ressonância magnética

A dificuldade em manter as agendas de ressonância magnética dentro dos horários marcados é um desafio comum. De acordo com este estudo, que reuniu nove centros diagnósticos, os atrasos ocorrem em cerca de 17% dos casos, com as principais causas relacionadas à movimentação do paciente, claustrofobia e atraso dos pacientes na chegada ao serviço. O conhecimento desses dados pode ser útil no melhor planejamento das agendas, de forma a melhorar o atendimento final aos pacientes.

Autores: Sadigh G, Applegate KE, Saindane AM.

Referência bibliográfica: J Am Coll Radiol. 2017 Mar 26. pii: S1546-1440(17)30175-8

Link para o PubMed: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28356198

0 comentário em “Estudo investiga os motivos de atrasos nas agendas de ressonância magnética

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: