Ultrassonografia Geral

Artigo investiga principais localizações do apêndice cecal quando não identificado à ultrassonografia com compressão

Este estudo publicado no American Journal of Roentgenology (AJR) analisa as principais localizações do apêndice, quando não identificado às manobras habituais de compressão da fossa ilíaca direita, o que muitas vezes torna o exame ultrassonográfico inconclusivo. Os resultados mostraram a localização desses casos geralmente no quadrante posteromedial (tendo a válvula ileocecal como referência central da divisão por quadrantes), superiormente à crista ilíaca ou em localização profunda. De acordo com os autores, nos casos de maior dificuldade, a observação destas regiões pode aumentar a frequência de visualização do apêndice cecal à ultrassonografia.

Obs.: Este artigo tem acesso gratuito aos associados do CBR pela parceria com a American Roentgen Ray Society (ARRS).

Autores: Lin W, Jeffrey RB, Trinh A, Olcott EW

Referência bibliográfica: AJR Am J Roentgenol. 2017 Sep;209(3):W128-W138

Link para o PubMed: https://ww.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28829172

0 comentário em “Artigo investiga principais localizações do apêndice cecal quando não identificado à ultrassonografia com compressão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: