Procedimentos Intervencionistas

Tratamento para metástases hepáticas de tumores neuroendócrinos

As metástases hepáticas de tumores neuroendócrinos constituem importante desafio terapêutico. Esse estudo teve como objetivo comparar a eficácia, taxa de sobrevida e fatores prognósticos entre três métodos de tratamento intervencionista: a quimioembolização transarterial convencional (cTACE), a DEB-TACE e a radioembolização com Ítrio (Y90). Os resultados indicaram que a TACE convencional forneceu taxa de sobrevida mais longa e análises de escore superiores às outras duas alternativas estudadas. A idade superior a 70 anos, presença de metástases extra-hepáticas e carga tumoral superior a 50% foram identificados como fatores preditores negativos.

Autores: Do Minh D, Chapiro J, Gorodetski B, Huang Q, Liu C, Smolka S, Savic LJ, Wainstejn D, Lin M, Schlachter T, Gebauer B, Geschwind JF

Referência bibliográfica: Eur Radiol. 2017 Dec;27(12):4995-5005

Link para o PubMed: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28677067

0 comentário em “Tratamento para metástases hepáticas de tumores neuroendócrinos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: